ESTUDOS BIBLICOS







Web Radio Gospel Da Covilha - ((( Portugal))) Sua Amiga De Todos As Horas



sexta-feira, dezembro 24, 2010

Afaste de sua vida a idolatria!

 Ai daquele que diz ao pau: Acorda! e à pedra muda: Desperta! Pode isso ensinar? Eis que está coberta de ouro e de prata, mas dentro dela não há espírito algum. Habacuque 2:19


A idolatria é um perigo real para o povo de Deus. Ela não se manifesta apenas com o culto à imagens; todas as vezes que adicionamos um intermediário entre nosso relacionamento com Deus, que não seja o Senhor Jesus Cristo, estamos idolatrando.
Quantas pessoas tem cultuado cantores, ministros de Deus, objetos, fórmulas de sucesso e tantas invenções da mente humana. Não precisamos de acessórios! O único caminho para Deus é Cristo, e todos que tem andado por este caminho tem se achado nos braços amorosos do Criador.

Afaste de sua vida a idolatria! Busque ao Senhor de todo o seu coração!

quarta-feira, dezembro 22, 2010

Exaltados Pelo Senhor

O apóstolo Tiago, repreende seus irmãos, por causa do comportamento não cristão que ostentavam. Uma das atitudes reprovadas foi a auto-exaltação: “Humilhai-vos perante o Senhor e Ele vos exaltará” (Tiago 4:10).

A auto-glorificação é um indício de que a pessoa não está bem emocionalmente. Auto elogio significa, no mínimo, que a pessoa sofre de auto-rejeição. Quem não gosta de si mesmo precisa, sempre, de fazer auto-propaganda. E, quando os outros não ficam batendo palmas para ele, passa a ter depressão e irritação.

Nestes casos, o conselho de Tiago parece meio esquisito. Ele sugere, primeiro, que a pessoa reconheça a superioridade do Senhor – o que não deveria ser muito difícil porque, afinal de contas, o Senhor é Deus e superior à toda a criação. Depois, Tiago sugere que a pessoa procure depender da superioridade do Senhor – só que o verbo usado por ele é um misto de promessa bíblica e de fé: “Ele vos exaltará”. Em outras palavras: quando temos o bom senso de aceitar a superioridade do Senhor, Ele nos abençoa com o fortalecimento de nossa personalidade. Exaltação que produz saúde espiritual é a que vem do Senhor.

O Enorme Número das Bênçãos

No Salmo 71 Davi explica a razão de sua postura de gratidão e louvor ao Senhor: "A minha boca relatará as bênçãos da Tua justiça e da Tua salvação todo o dia, posto que não conheça o seu número" (Salmo 71:15).
A memória humana é impressionantemente frágil, quando se trata de relatar as bondades de Deus para conosco. Por outro lado, quão grande é a nossa lista, quando se trata de nossas mágoas e de nossas queixas. Ao ponto de, às vezes, acharmos que o Senhor nos esqueceu.

Neste contexto, a atitude do salmista destoa das nossas tendências. Depois de alguma meditação, ele descobriu que o Senhor não tira férias, quando se trata de ajudar Seus filhos. Noite, dia, domingos e feriados. Neste ponto, depois de muito pensar, concluiu: na verdade, nós nunca saberemos o número completo das bênçãos divinas. Não somente não conhecemos a intensidade e a fidelidade de Suas bênçãos - mais do que isto, na maioria das vezes, nem sequer entendemos a razão, não nos surpreendamos quando, ao amadurecermos em nossa comunhão com Ele, de vez em quando detectamos as intervenções divinas. Vale a pena aprender a contar as bênçãos que recebemos Dele. Quer entendamos ou não.

quinta-feira, dezembro 16, 2010

Espere em Deus

Porque a visão é ainda para o tempo determinado, mas se apressa para o fim, e não enganará;  se tardar, espera-o, porque certamente virá, não tardará. Habacuque 2:3


Seja muito paciente com aquilo que o Senhor mostrou para você. Nossa geração, muito ligada com a Internet, tem concebido um cristianismo “bate e pronto” que em nada se assemelha àquele vivido pelos apóstolos.

As coisas espirituais não são instantâneas! Você precisará amadurecer; passará pela olaria de Deus e ali será moldado pelas preciosas mãos do Oleiro. E isso leva tempo! Se você não estiver disposto a esperar, começará a servir motivado por orgulho pessoal, e isso com o tempo drenará toda sua fé.

Há um tempo determinado para você! Espere-o com paciência no Senhor (Sl 40.1).

quarta-feira, dezembro 15, 2010

Radiantes de Alegria

Olharam para ele, e foram iluminados; e os seus rostos não ficaram confundidos. Salmos 34:5

Após se sentir liberto da ameaça fatal de Abimeleque, Davi escreveu um dos mais lindos salmos, cantando a fidelidade da salvação divina: “Os que olham para Ele estão radiantes de alegria; seus rostos jamais mostrarão decepção” (Salmo 34:5).

Não é raro encontrar, dentro de nossas igrejas, crentes ostentando um rosto marcado por tristezas, decepções, revoltas. Por onde passam, irradiam depressão e queixas. Ainda que tentemos mudar de assunto, em conversa com eles, o tema sempre continua girando em redor dos desapontamentos e dos sofrimentos deles.

No caminho de Emaús, os dois discípulos só falavam na tragédia da crucificação. Apesar do Jesus ressuscitado estar do lado deles, conversando com eles, os dois continuavam, teimosamente, olhando par si mesmos, para a dor de sua decepção religiosa. Foi somente quando estavam à mesa e, finalmente, olharam para Aquele que partiu o pão e deu graças, que seus olhos espirituais se abriram. E a alegria espiritual voltou a invadir-lhes o coração. A receita é simples. Não tirar do Senhor os nossos olhos, nossa atenção, nossa confiança. O resultado é viver radiantes de alegria.